Deixe seus comentários aqui

Expo-Agro 2010

Fomentar o setor primário no Amazonas, gerar emprego e renda e escoar a produção agrícola dos municípios são os resultados que o Governo do Estado espera alcançar com a 37ª Expoagro. Entre os dias 5 e 12 de dezembro, a tradicional exposição irá acontecer no Parque de Exposições Agropecuárias Eurípedes Ferreira Lins, na avenida Torquato Tapajós, Flores.

Promovida pela Secretaria Estadual de Desenvolvimento Rural (Sepror), a 37ª Expoagro conta, todos os anos, com a participação dos produtores locais e de empresas voltadas para o setor agrícola e rural do Estado. A organização espera receber nos nove dias de exposição cerca de 600 mil visitantes e a movimentação financeira deve girar em torno de R$ 30 milhões. “A feira é uma oportunidade para escoar a produção dos agricultores do Estado, como também para financiar desde maquinário até grande quantidade de insumos junto aos agentes bancários, como a Agencia de Fomento do Amazonas (Afeam)”, disse o secretário da Sepror, João Ferdinando Barreto.

Segundo João Barreto, as exposições agropecuárias realizadas nos municípios do Amazonas contribuem com fomento do setor primário. Para estimular a participação de produtores e empresários, o secretário afirma que Governo do Estado tem inaugurado espaços destinados às exposições nas cidades do interior. “A exemplo do parque de exposição do município de Barreirinha e de Parintins, vamos inaugurar até o final deste ano, mais um em Boca do Acre que será destinado não só para exposição de animais, como também para realização de negócios e outros eventos”, acrescenta.

Outra preocupação dos organizadores da Expoagro é desenvolver ações que impeçam a entrada da febre aftosa no Estado. Além de campanhas enfatizando a importância da vacinação dos animais, a Sepror realiza um trabalho em parceria com os criadores que buscam importar animais de outros Estados. “Os produtores compram a alta genética de animais de outras regiões e trazem para melhorar a genética dos rebanhos do Amazonas”, adianta a secretária de Administração e Finanças da Sepor, Alessandra Campelo.

A exposição também irá contar com um leilão de ovinos e caprinos, cujos animais são de raça pura e chegam a custar até R$ 20 mil. O organizador do leilão, Demilço Vivian, afirma que todos os animais são puro sangue e os leilões são a oportunidade para os produtores locais melhorarem a qualidade de seus rebanhos. “No ano passado leiloamos 50 animais, gerando uma movimentação financeira de R$ 217 mil”, lembra o produtor.

*Programação e atrações*

Durante os oito dias de 37ª Expoagro serão ministrados cursos voltados para agricultura familiar, piscicultura, tecnologias para fruticultura entre outros. O espaço contará ainda com praça de alimentação e espaço para as crianças.

Entre as atrações, a vaquejada e cantores locais. Entretanto, a atração mais esperada pelo público, neste ano, é o cantor Daniel, que sobre ao palco da arena no sábado, dia 11 de dezembro, às 23h30
Reações:

0 comentário: